Beijing

Continuando a série sobre minha viagem à Beijing – você pode conferir o primeiro post aqui – vou falar um pouco sobre o Beihai Park, Summer Palace e Temple of Heaven, que são lugares incríveis para se conhecer por lá.

Visitei o Beihai Park no meu segundo dia na cidade. Fomos pra lá depois de visitar a Forbidden City e a Tian’Amen Square que ficam bem próximos ao parque. É considerado um dos maiores e mais antigos jardins imperiais na China, localizado bem no centro de Beijing, que conta com mais de 1.000 anos de história. Não só encanta por seus belíssimos jardins, mas também por seus templos e construções destinadas aos Imperadores.

A entrada (Through Ticket) custou CNY 20 (R$ 7,60) + CNY 5 (R$ 1,90) para visita às cavernas. O ticket completo inclui visitações à Qionghua Islet (ou Jade Island) e Circular City. Vale a pena pagar um pouco mais já que é na Jade Island que fica um dos marcos do parque, a White Dagoba. Lembrando que os ingressos são mais baratos durante a baixa temporada, entre 1 de Novembro a 31 de março.

É possível alugar barquinhos para navegar pelo rio que cerca o parque. Pra quem está num grupo grande, vale alugar um dos barquinhos em formato de flor de lótus. É recomendado cerca de 2 horas para curtir o parque.

O Beihai Park é bacana de se visitar, mas com certeza não é um dos mais belos pontos turísticos comparando-se ao Summer Palace ou até mesmo o Temple of Heaven.

Considerado um dos patrimônios mundias da humanidade pela UNESCO, o Summer Palace é simplesmente encantador. Construído em 1750, era um luxuoso espaço destinado ao lazer das famílias reais. Porém, foi gravemente destruído em meados de 1860 durante a Second Opium War. Entre 1886 e 1895 foi reconstruído pelo Imperador Guangxu e foi aberto ao público em 1924.

Para chegar, é só descer na estação Beigongmen e caminhar por volta de 500 metros até a entrada do Palácio. O combination ticket que inclue entrada para todos os sitios sai por volta de CNY 60 (R$ 22,80) em alta temporada. Recomenda-se 3 horas para visitação do palácio.

Summer Palace

Outro ponto turístico que vale a pena ir é o Temple of Heaven. Este templo começou a ser construído por volta de 1420 e foi sendo ampliado e renovado ao longo dos anos. O templo servia como local de cerimônia de adoração à Deus e para se rezar por uma boa colheita.

O templo fica próximo à estação Tiantan Dongmen, na linha 5 do metrô. Assim como nas outras atrações, é possível comprar apenas a entrada ou o ticket combinado que dá acesso à outros sítios dentro do templo. Durante a alta temporada, o ticket combinado custa CNY 35 (R$ 13,50). O tempo recomendado de visitação é de 1 hora e meia.

TEMPLE OF HEAVEN

Visitei os três pontos turísticos em dias diferentes. Vai depender do seu roteiro o que visitar ou não. Para quem vai passar poucos dias, talvez seja recomendável deixar o Beihai Park de fora. Como já citei acima, visitei o Beihai Park no mesmo dia que fui à Forbidden City e TianAmen Square por serem próximos. O Summer Palace fiz no mesmo dia que fui ao Beijing Zoo. Como a maioria dos pontos turísticos ficam próximos à estações de metro, fica bem fácil se locomover em Beijing. Pra quem quer conferir o mapa do metro, esse link é bem bacana e dá pra baixar no celular também.

Ainda tem muito mais sobre Beijing pra contar. Fique ligado!

Não deixe de conferir como foi minha experiência pela Muralha da China, clicando aqui.

Se perdeu a primeira parte da série sobre Beijing, confira aqui.

FOLLOW US

FACEBOOK TWITTER PINTEREST INSTAGRAM MAIL

Um comentário em “Beijing

  1. Pingback: Beijing Zoo | your passport please

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: